segunda-feira, 14 de setembro de 2015

A. J. Summer - For Rhuine



Meu nome é Madeleine Saltz. Madi para facilitar. Eu sou apenas uma pessoa normal. Você não iria sequer olhar duas vezes quando passasse por mim na rua. Pensando bem, talvez você olhasse. Veja, eu sou louca. E não apenas o tipo louco de woohoo-Olhe-para-mim-estou-fazendo-a-dança-da-galinha.
A verdadeira loucura...
Eu ocupo um pequeno quarto delicado, número 105, na instituição mental Green Hill.
Eu tenho cabelos castanhos, olhos azuis, e um nariz salpicado de sardas. Como eu disse, eu sou normal, exceto a parte louca.
E depois há, Rhuine.
O menino com a tatuagem em espiral preta. Ou o meu amigo imaginário (como o meu psicólogo gosta de chamá-lo). O maldito amor da minha vida.
Qualquer que seja o nome que ele usa, ele é a outra razão pela qual eu não sou tão normal quanto gostaria de acreditar.